Scroll Top

Nutrição

Excesso de proteína prejudica os rins?

Excesso de proteína prejudica os rins

Excesso de proteína prejudica os rins

 

Excesso de proteína prejudica os rins é um mito ou verdade?

É o que vou mostrar a você no texto de hoje.

Espero que seja a resposta que está procurando.

Então vamos lá!

Em 1983 o mito de que “proteína de mais não faz mal a ninguém”, ganhou forma quando pesquisadores comprovaram que comer muita proteína fazia com que a taxa de filtragem glomerular (ou GFR) aumentava e chegaram a conclusão de que isso sobrecarregava os rins.

 

[fb_button]

Excesso de proteína prejudica os rins?

O rim é um órgão encarregado de fazer a eliminação dos produtos do metabolismo da proteína, como amônia e ureia.

Então, quanto mais se consome proteína, maior é a quantidade de sangue filtrada em minuto (GFR).

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Nutrição (Abran), o nutrólogo Durval Ribas Filho, o que acontece é que o organismo saudável adapta-se muito bem ao trabalho extra.

Fora isso, é bem improvável que alguém faça a ingestão de proteína animal além do normal por muito tempo, diz o especialista.

Isso porque, se consumido em excesso, esse nutriente se torna enjoativo e provoca mal estar.

O que explica, em parte, o porquê de dietas hiperproteicas serem abandonadas logo.

É recomendado pela Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos um consumo de 0,8 gramas de proteína por quilo de peso.

Só para você ter uma ideia, 100 mililitros de leite equivale a 7 gramas de proteína e 100 gramas de carne vermelha tem 20 gramas.

Então, se você tem 70 quilos, precisa ingerir 56 gramas por dia de proteína.

A conclusão é de que se você é saudável e passa a consumir mais proteínas, o seu organismo irá se adaptar ao trabalho extra, sem prejudicar o seu órgão.

 

 

[fb_button]

Pesquisas desmentem mito

 

excesso de proteínas prejudica os rins

 

[fb_button]

 

Pesquisas científicas realizadas com indivíduos saudáveis não encontraram qualquer tipo de efeito negativo nos rins, em resultado de alto consumo de proteínas.

Já uma pesquisa com pessoas obesas mostrou que os rins possuem capacidade de adaptar-se consoante a quantidade de proteína consumida no dia a dia.

Nesta mesma pesquisa, 25% da dieta que algumas pessoas obesas faziam, era à base de proteínas.

Isto é, cerca de 90 gramas de proteínas por dia.

Embora essa quantidade diária de proteína seja elevada, não se observaram efeitos adversos na função renal destes indivíduos.

No caso de fisiculturistas, que consomem uma maior quantidade proteínas, uma pesquisa publicada no International Journal of Sports Nutrition & Exercise Metabolism… Informou que, mesmo consumindo 2,8 gramas de proteína por quilo do peso corporal, a função renal desses fisiculturistas não foi afetada.

Foi publicada, em 2005, uma revisão de pesquisas onde se analisou a relação entre o funcionamento dos rins e o consumo elevado de proteína.

Essa pesquisa concluiu que diminuir o consumo de proteína é aconselhável para quem já tem um problema renal…

…Isso não se aplica à pessoas com rins saudáveis.

 

[fb_button]

Conclusão

 

Podemos concluir que os rins de indivíduos saudáveis não vão ser afetados por consumirem altas quantidades de proteína… Ainda que esse consumo seja mais que 1,2g/kg ao dia.

Ao ouvir qualquer reportagem onde fala sobre os malefícios da proteína para sua saúde, fique atento…

…Já que essa possibilidade só existem para pessoas com problemas renais.

Pessoas saudáveis, estão liberadas para consumirem sem se preocuparem se o excesso de proteína prejudica os rins.

Respondi sua pergunta?

Acha que poderia ser acrescentado mais alguma informação para complementar este texto?

Comente abaixo e deixe a sua impressão.

Gostaria de publicar algum texto sobre esse assunto ou relacionado que seja de sua autoria? Faça contato…

Há, se puder, compartilhe nas suas redes sociais, por favor.

[fb_button]

 

loading...

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.