Scroll Top

Emagrecimento Nutrição

Como Fazer a Dieta do Ovo

Como Fazer a Dieta do Ovo

Como Fazer a Dieta do Ovo

Você já ouviu falar da dieta do ovo? Então acompanhe a pesquisa que fizemos para ver se realmente se perde peso com o cardápio dessa dieta.

O ovo pode ser considerado um dos alimentos mais incompreendidos no cardápio dos homens. Ele já foi considerado vilão do colesterol, terror da salmonela entre outros problemas.

Apesar de todas essas acusações, os ovos são uma fonte muito rica de proteínas e outros nutrientes importantes para o corpo humano, e por isso vamos conversar um pouco sobre ele aqui no blog.

Como Fazer a Dieta do Ovo

O ovo é um alimento versátil – como se sabe, ele pode ser preparado de mil e uma maneiras diferentes; frito, cozido, mexido, em omelete, na composição de bolos e maionese de legumes, tortas, gemadas, enfim, a gama de receitas e maneiras de consumi-lo é enorme.

Atualmente, de acordo com estudos de nutricionistas, comer ovos logo pela manhã pode até ajudar a emagrecer. Além do mais, ajuda até a diminuir a ansiedade e deixa a pele mais bonita.

Sem falar que os ovos são relativamente baratos – uma dúzia custa em média cinco reais, e dura um bom tempo, principalmente se é só você que vai fazer a dieta.

Apenas lembrando que, se for o caso de fazer mesmo o cardápio recheado de ovos, é bom deixar o frito de lado.

Sabemos que o ovo é nosso amigo mas o óleo não é tão nosso amigo assim. Prefira versões isentas de gordura.

Propriedades nutricionais do ovo.

Rico em proteínas, o ovo é parceiro de quem pratica exercícios físicos. Além disso, ele ainda proporciona um tempo maior de saciedade, ou seja, tem um baixo índice glicêmico. Você se sente satisfeita e sem fome até comer outra vez.

Cada ovo tem aproximadamente 70 calorias, então você pode comer dois ovos mexidos na hora do almoço sem ficar com o peso na consciência.

Estudos feitos nos Estados Unidos comprovaram que as pessoas emagreceram 63% mais comendo ovos pela manhã do que pão integral. A perda de cintura foi 34% maior e a redução de gordura corporal, 16% maior.

A melhor hora para comer ovos é mesmo pela manhã, porque dessa forma eles ajudam a regular a produção de insulina.

E o colesterol?

Aquela história que o ovo aumenta o colesterol ruim é um mero mito. Na verdade, o que influencia no colesterol é apenas o óleo das frituras.

O ovo ajuda inclusive a controlar as taxas de colesterol, porque tem grande quantidade de ácidos graxos mono e poli insaturados. Portanto pode comer ovo, o seu coração está protegido.

Além dessas, os ovos ainda combatem a flacidez, deixam a pele mais bonita e pode até melhorar o humor. Porém, é importante destacar que as pessoas que tenham problemas renais não podem ficar comendo muito ovo, porque ele tem substâncias que podem agravar o quadro clínico.

E o cardápio?

Alguns nutricionistas elaboraram um cardápio com 900 calorias diárias, que promete – se aliado a pelo menos 15 minutos de pular corda duas vezes por dia – eliminar três quilos em apenas uma semana.

Importante lembrar que essa dieta só pode ser feita uma vez por mês, durante uma semana, porque o corpo precisa de outros alimentos além do ovo, e pode sentir a falta deles se você prolongar demais a dieta.

O cardápio consiste em, no café da manhã, comer um ovo pochê, cozido ou mexido com mais uma torrada e uma fruta, no almoço salada verde, ovo ou claras preparadas sozinhas e uma fruta, no lanche da tarde uma fruta e no jantar combinar os ovos com xícaras de chá e mais fruta.

Não se esqueça de beber muita água e manter os exercícios, além de fazer a dieta durante apenas uma semana.

O que você achou da dieta do ovo? Serve para você? Tem uma opinião a dar sobre a dieta do ovo ou, sugerir uma outra dieta que acha mais funcional? Comente abaixo, compartilhe com seus amigos.

loading...

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.